Category: Energia Solar

Read More

Anunciada linha de crédito para energia solar voltada a pessoas físicas.

Na segunda semana de novembro, a Caixa Econômica Federal anunciou que lançará uma nova linha de crédito para pessoas físicas, voltada para o financiamento do Sistema Fotovoltaico em residências.
Esse novo crédito pessoal, Caixa Energia Renovável, terá taxas a partir de 1,17% e poderá até financiar 100% do projeto de aquisição do Sistema Fotovoltaico. Com o anúncio, a nova linha de crédito deve chegar em breve as agências, embora não tenha sido divulgado nenhuma data específica.
Quanto ao prazo para o pagamento, ele poderá ser feito em até 60 meses, com carência de até 6 meses para a primeira parcela. Tendo duas modalidades que são: Sem garantias e Caução de Aplicações Financeiras de Renda Fixa.
E além desse novo projeto para pessoas físicas, a Caixa já vem oferecendo outras três linhas de crédito voltadas à empresa, como o MPE Ecoeficiência, que financia aquisição de maquinário e equipamentos que reduzem a geração e emissão de poluentes. E outras duas voltadas ao Agronegócio, que são: Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e Inovagro.

Read More

Geração de energia solar deve aumentar 67% em 2021

A produção de energia solar fotovoltaica deve ter uma alta de 67%, chegando a 18 TWh em 2021, em relação aos 10,7 TWh verificados em 2020. Deste total, a GD (geração distribuída) terá o maior crescimento, gerando 10,8 TWh em 2021, contra 4,8 TWh em 2020, um aumento de cerca de 125%.

A seguinte nota foi divulgada no Boletim Mensal de Energia de agosto, realizado pelo DIE (Departamento de Informações e Estudos Energéticos), da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME (Ministério de Minas e Energia).

“Com as informações disponíveis até 27/10, estima-se que as fontes fósseis terão expansão acima de 10% em 2021, por duas razões principais: recuperação de recuos ocorridos em 2020 devido à pandemia do COVID (transportes e indústria) e maior geração elétrica térmica devida à seca que se agravou em 2021.”
Para a Oferta Interna de Energia Elétrica (OIEE)** de 2021 é esperado um aumento de 4,0%, com as não renováveis crescendo acima de 50%. As renováveis devem perder 7 pontos percentuais.
O objetivo do boletim é o de acompanhar um conjunto de variáveis energéticas e não energéticas capazes de permitir razoável estimativa do comportamento mensal e acumulado da demanda total de energia do Brasil.
 (*) Oferta Interna de Energia (OIE), ou demanda brasileria de energia, representa a energia necessária para movimentar a economia de um país ou região, num período de tempo – inclui o consumo final de energia nos setores econômicos e residencial, as perdas no transporte e distribuição, as perdas nos processos de transformação de energia e o consumo próprio do setor energético.
(**) Os dados de 2020 da OIE e da OIEE refletem os resultados do Ciclo 2021 do Balanço Energético Nacional (BEN), finalizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com a parceria da SPE/MME e empresas e agências do Setor Energético.

Read More

Conta de luz acumula alta média de 31,5% entre 2014 e 2017, diz estudo

IRecco has received inquiries seeking clarification of job offers received in unsolicited fashion. These job offers appear to come from organisations falsely pretending to recruit on behalf, or by people…