Read More
Solar Panel Photovoltaic installation on a Roof, alternative ele

Sistema solar conectado à rede (On Grid)

Já pensou em instalar um sistema solar fotovoltaico ligado à rede em sua casa ou instituição? Calma, se você ainda não sabe o que é, ou como funciona, precisa entender como os sistemas on-grid vinculados à rede são conectados à rede e têm suas peculiaridades com os sistemas off-grid. Desta forma, explicaremos por que você precisa de um sistema fotovoltaico ligado à rede em sua casa, empresa ou indústria, com base em seus prós e contras e como um sistema difere de outro. vamos começar?

Como funciona um sistema fotovoltaico conectado à rede?

Um sistema fotovoltaico conectado à rede funciona a partir da radiação solar através de painéis solares, gera eletricidade em corrente contínua (CC), passa por um inversor solar e a converte em corrente alternada (CA) e distribuída.

A principal diferença de um sistema off-grid para um não-grid é o que acontece com a superprodução: enquanto o sistema off-grid armazena energia em baterias solares, o sistema on-grid a transfere para a rede elétrica, gerando créditos. energia será usada mais tarde.

Veja como funciona o sistema solar conectado à rede, passo a passo:

  1. A luz solar é captada por painéis solares fotovoltaicos e, assim, é gerada energia em corrente (CC);
  2. A partir daí, a corrente contínua passa por um inversor solar conectado à rede e convertida em corrente alternada (AC);
  3. Para converter o mesmo tipo de energia fornecida pela distribuidora, a parte produzida pelo inversor é utilizada para as propriedades elétricas da estrutura;
  4. Seu excedente será transferido para uma rede elétrica padrão (e o proprietário receberá os créditos necessários);
  5. Por fim, o monitoramento será considerado para medir a produção de energia solar.

Prós e contras do sistema fotovoltaico on-grid

Para determinar se a instalação de um sistema conectado à rede em sua área ou área é uma opção viável, você precisa pesar seus prós e contras. Por isso, dividimos os principais benefícios (ou não) para determinar:

Vantagens

Desvantagens

Possui 30% mais eficiência em relação ao sistema off-grid

Impõe obrigatoriedade de conexão à rede pública de distribuição

Permite a utilização do sistema de créditos

Não possui sistema de armazenamento

A diferença entre a rede e o sistema solar fora da rede

Para explorar a melhor opção entre sistemas solares fotovoltaicos, você precisa entender a diferença entre grid e off-grid, para que seus benefícios variem de acordo com sua necessidade.

Desta forma, podemos dizer que o sistema solar on-grid tem um diferencial na distribuição e uso de baterias e controles de carregamento, tornando-o 30% mais barato e mais eficiente em relação ao off-grid. Esse tipo de sistema garante que a energia seja utilizada tanto para uso local quanto para outros usos na rede elétrica (uso remoto).

No caso de sistemas fotovoltaicos fora da rede , as baterias são usadas para alimentar o armazenamento de energia. Portanto, o custo do equipamento é alto e seu uso não é recomendado em áreas urbanas, o que torna muito rentável a instalação de um sistema on-grid.

Portanto, se você deseja contar com a ajuda de um sistema que gera energia elétrica para todos os seus bens, a melhor opção é um sistema conectado à rede, porém, é necessário verificar se o cliente foi capturado. comercialização e obtenção de eletricidade de um distribuidor ou licenciado. Além disso, esta solução é muito indicada para quem não se preocupa com a dependência dos fornecedores de energia.

Read More
Foreman and businessman at solar energy station.

Principais Dúvidas Técnicas sobre Energia Solar

Separamos as principais dúvidas técnicas para você conhecer e tira sua dúvida.
O que faz um inversor?

Um inversor converte a corrente elétrica contínua gerada pelos módulos fotovoltaicos em corrente elétrica alternada, compatível com a rede.

Como escolher um inversor?

Um inversor deve ser selecionado com base na potência pico do sistema FV. As boas práticas da engenharia recomendam que a potência mínima do inversor seja a potência pico dos painéis dividida por 1,35. Deve-se levar em consideração também durante refinamento do dimensionamento as faixas de operação de tensão e corrente DC do inversor (vide datasheet), o que define o arranjo elétrico dos módulos.

Quais as vantagens de um microinversor?

Microinversores possuem a vantagem de tornar praticamente cada painel independente dos demais, ou seja, se um painel for sombreado, a produção dos demais não será afetada, se um microinversor parar de funcionar, os demais continuam operando etc. Sobre telhados muito recortados, os microinversores facilitam o dimensionamento, pois não se deve conectar painéis em série instalados com orientações diferentes. Quanto mais independentes entre si forem os módulos, mais espalhados poderão ser instalados.

Por que a Reinnova Solar prefere trabalhar com inversores centrais?

Inversores centrais são mais baratos, comparando-se a relação R$/W (pelo ganho de escala), e alguns modelos são híbridos (funcionam também na ausência da rede da distribuidora). Além disso, a probabilidade de falha num inversor central é bem menor do que num conjunto de microinversores.

Posso instalar o inversor exposto ao tempo? Se sim, com alguma condição?

Sim, mas preferencialmente sob alguma cobertura. Quanto menos exposto ao sol e a intempéries, maior será a vida útil do equipamento tendencialmente.

O inversor pode ficar dentro de um armário?

Não, pois o inversor irá sobreaquecer.

Qual a média de eficiência de um painel?

Os modelos de módulo fotovoltaico atuais têm eficiência em torno de 18%. Ou seja, de todo o sol que recebe, 18% da energia solar recebida é transformada em energia elétrica e isto já está contabilizado no projeto.

Quais as melhores marcas do mercado?

Algumas das melhores marcas de módulos fotovoltaico do mercado mundial são: Canadian Solar, Trina Solar, JA Solar, Jinko Solar, BYD e Astronergy. Dentre as marcas de inversores podemos citar: Fronius, Sungrow e Huawei (WEG).

Quais critérios usamos para classificar as melhores marcas do mercado?

As melhores marcas do mercado se destacam pela eficiência e garantia de seus equipamentos, pelo volume histórico de vendas e pela presença em diversos países. Por anos consecutivos podem ser encontradas no ranking das “TIER 1” do mercado, ótimo indicador para qualidade e solidez da marca.

Quanto pesam os painéis?

Aproximadamente 25 kg. Para tranquilizar clientes em relação ao peso do sistema, podemos lembrá-lo que a carga é bem distribuída sobre o telhado e muitas vezes comparável ao peso de uma caixa d’água.

O sistema FV precisa de manutenção?

O sistema FV não precisa de manutenção preventiva recorrente. Recomenda-se, no entanto, a limpeza dos painéis com água e sabão neutro para manter sempre máxima a eficiência dos módulos.

Em que condições deve estar o padrão de entrada para homologar o sistema?

O padrão de entrada da unidade geradora de energia deve estar em bom estado de conservação e fundamentalmente dentro das normas técnicas da distribuidora, isto é: cabeamento, disjuntor e caixa devem ser compatíveis entre si, não podendo haver sangria de cabos, disjuntores e interruptores extras.

Como otimizar a performance de um sistema (em termos de orientação e inclinação)?

No hemisfério Sul, para otimizar a eficiência do sistema, devemos orientá-lo ao Norte geográfico e incliná-lo aproximadamente com o valor da latitude local.

Qual estrutura de fixação é mais cara? E qual a mais barata?

Normalmente, a estrutura para instalação no solo é a que mais encarece o projeto e a estrutura para fixação sobre telhado metálico a de menor custo.

Quando devo adicionar um transformador no orçamento?

Quando a rede do cliente for monofásica 127V ou o inversor escolhido no projeto for trifásico 380 V e a rede do cliente trifásica 220V.

Como podemos descrever o movimento do sol durante o verão?

Durante o verão, o sol nasce ao Leste e se põe a Oeste sem praticamente pender para o Norte ou Sul.

Como podemos descrever o movimento do sol durante o inverno?

Durante o inverto, no hemisfério sul, o sol faz a trajetória Leste e Oeste inclinando-se para o norte, quanto maior a distância para a linha do equador, maior é essa inclinação.

O que é uma string?

É uma sequência de módulos fisicamente ou eletricamente.

Qual a diferença de string física e elétrica?

String física é uma fileira de módulos que estão lado a lado, uma elétrica é uma sequência de módulos que estão ligados em série, que podem constituir a mesma string física ou não.

O que é uma string box?

É uma caixa que protege o inversor contra surtos elétricos provenientes da rede os dos módulos, nela se encontram DPS, fusíveis, disjuntores.

O que é um MPPT?

É a entrada do inversor para conexão de uma string de módulos ou um conjunto de strings.

Quais as características de uma conexão de módulos em série?

Cada módulo é ligado a outro, somando a tensão (Volts) deles, no fim, a tensão da string é a soma da tensão de todos os módulos.

Quais as características de uma conexão de strings em paralelo?

Strings são ligadas com outras strings que possuem o mesmo número de módulos e, normalmente, estão com mesma orientação/inclinação. Quando se liga uma string com outra, aumenta-se a corrente (Amperes) do sistema. A corrente total um MPPT é a soma de todas as correntes das strings ligadas em paralelo conectadas a ele.

Posso conectar em série fileiras de módulos instalados em orientações diferentes?

Pode, mas não é recomendado pois diminui a eficiência do sistema, já que a corrente dessa string será a menor corrente dentre os módulos ligados em série.

Qual o efeito de um painel sombreado nos demais a ele ligados em série?

Um painel sombreado diminui a corrente de toda a string, afetando a produção de energia da string como um todo já que a corrente da string é a menor dentre os módulos ligados em série

Qual o efeito de uma string sombreada nas demais a ela ligadas em paralelo?

Diminuição da tensão do conjunto de módulos que está ligando do mesmo MPPT, o que afeta a produção de energia desse conjunto como um todo. A tensão de um conjunto de strings ligadas em paralelo é a menor tensão dentre as strings.

Quantos módulos posso ligar em série numa string?

Depende do inversor e do módulo. Cada inversor possui em seu datasheet um limite de tensão de entrada o que limita o número de módulos em série. E por sua vez, cada módulo possui uma tensão.

Quantas strings posso conectar no máximo em paralelo?

Também depende do inversor e do módulo usado.

Posso ter strings ligadas em paralelo com número de módulos diferente por string?

Pode, mas não é recomendado já que a tensão será a menor entre as duas strings, ou seja, seria a mesma coisa que ligar strings com o mesmo e menor número de módulos em série dentre elas.

Como pode ser feito o arranjo elétrico de strings em duplo mppt?

Para manter a eficiência, as strings ligadas no mesmo MPPT devem ter o mesmo número de módulos. Os módulos ligados em MPPTs diferentes só afetam a produção dos módulos ligados no mesmo MPPT que eles, assim é possível o seguinte arrajo: • MPPT 1 – 3 strings de 10 módulos • MPPT 2 – 2 strings de 12 módulos

Qual a vantagem de um inversor híbrido?

É possível, no futuro, quando for financeiramente viável, conectá-lo a um banco de baterias e utiliza-lo um backup quando a energia da rede cair. 

O sistema funciona na ausência da rede?

Não, quando a energia da rede cai o sistema desliga automaticamente.

Um projeto pode ser recusado pela distribuidora?

Não definitivamente, pode ser negado, porém, pedindo algumas adequações.

Quanto produz um painel?

Depende da cidade em que ele é instalado, da orientação do módulo, da inclinação e do sombreamento.

Quais as principais bases de dados de irradiação solar por cidade?

Cresesb, Meteonorm e NASA.

Como justificar que as premissas da Reinnova Solar são mais realistas?

Utilizamos uma base de dados do Cresesb antiga, que os dados de irradiação eram colhidos em solo, em várias cidades do Brasil, o que é bem mais realista. Hoje o Cresesb obtém esses dados pelo satélite. Além disso, com mais de 300 projetos monitorados, podemos confrontar os dados teóricos com os reais.

Ainda tem dúvidas ? Clique aqui e fale com um dos nossos consultores.

Read More

Anunciada linha de crédito para energia solar voltada a pessoas físicas.

Na segunda semana de novembro, a Caixa Econômica Federal anunciou que lançará uma nova linha de crédito para pessoas físicas, voltada para o financiamento do Sistema Fotovoltaico em residências.
Esse novo crédito pessoal, Caixa Energia Renovável, terá taxas a partir de 1,17% e poderá até financiar 100% do projeto de aquisição do Sistema Fotovoltaico. Com o anúncio, a nova linha de crédito deve chegar em breve as agências, embora não tenha sido divulgado nenhuma data específica.
Quanto ao prazo para o pagamento, ele poderá ser feito em até 60 meses, com carência de até 6 meses para a primeira parcela. Tendo duas modalidades que são: Sem garantias e Caução de Aplicações Financeiras de Renda Fixa.
E além desse novo projeto para pessoas físicas, a Caixa já vem oferecendo outras três linhas de crédito voltadas à empresa, como o MPE Ecoeficiência, que financia aquisição de maquinário e equipamentos que reduzem a geração e emissão de poluentes. E outras duas voltadas ao Agronegócio, que são: Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e Inovagro.

Read More

Geração de energia solar deve aumentar 67% em 2021

A produção de energia solar fotovoltaica deve ter uma alta de 67%, chegando a 18 TWh em 2021, em relação aos 10,7 TWh verificados em 2020. Deste total, a GD (geração distribuída) terá o maior crescimento, gerando 10,8 TWh em 2021, contra 4,8 TWh em 2020, um aumento de cerca de 125%.

A seguinte nota foi divulgada no Boletim Mensal de Energia de agosto, realizado pelo DIE (Departamento de Informações e Estudos Energéticos), da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME (Ministério de Minas e Energia).

“Com as informações disponíveis até 27/10, estima-se que as fontes fósseis terão expansão acima de 10% em 2021, por duas razões principais: recuperação de recuos ocorridos em 2020 devido à pandemia do COVID (transportes e indústria) e maior geração elétrica térmica devida à seca que se agravou em 2021.”
Para a Oferta Interna de Energia Elétrica (OIEE)** de 2021 é esperado um aumento de 4,0%, com as não renováveis crescendo acima de 50%. As renováveis devem perder 7 pontos percentuais.
O objetivo do boletim é o de acompanhar um conjunto de variáveis energéticas e não energéticas capazes de permitir razoável estimativa do comportamento mensal e acumulado da demanda total de energia do Brasil.
 (*) Oferta Interna de Energia (OIE), ou demanda brasileria de energia, representa a energia necessária para movimentar a economia de um país ou região, num período de tempo – inclui o consumo final de energia nos setores econômicos e residencial, as perdas no transporte e distribuição, as perdas nos processos de transformação de energia e o consumo próprio do setor energético.
(**) Os dados de 2020 da OIE e da OIEE refletem os resultados do Ciclo 2021 do Balanço Energético Nacional (BEN), finalizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com a parceria da SPE/MME e empresas e agências do Setor Energético.

Read More

Conta de luz acumula alta média de 31,5% entre 2014 e 2017, diz estudo

IRecco has received inquiries seeking clarification of job offers received in unsolicited fashion. These job offers appear to come from organisations falsely pretending to recruit on behalf, or by people…